2º BPM promove Seminário de emprego de cães na detecção de armas

Iniciou-se em 26/03/2018, o 1º Seminário de Emprego de Cães na Detecção de Armas de Fogo, promovido pelo 2º Batalhão de Polícia Militar.

A finalidade do Seminário é demonstrar conceitos teóricos e práticos sobre o uso de cães no serviço policial nas mais diversas situações, com ênfase na diferenciação entre faro de entorpecentes e armas de fogo, desmitificação do emprego de cães no faro  de  armas  de  fogo demonstrando os resultados práticos, sendo todo este seminário voltado a contribuir para melhoria dos resultados obtidos do emprego de cães na área de segurança pública.

O Seminário também objetiva trazer novos conhecimentos e técnicas nesta atividade, bem como relembrar conceitos já estabelecidos e, sobretudo, promover a troca de experiência acumulada pelos participantes do evento ao longo de suas carreiras.

Além de policiais militares da Polícia Militar do Paraná, também se fazem presentes policiais militares de Santa Catarina e Minas Gerais, e também agentes da Polícia Civil do Paraná, do SOE (Seção de Operações Especiais) do DEPEN/PR e DEAP/SC, e Guardas Municipais de Londrina e Arapongas.

O Subcomandante do 2º BPM, Major PM Emerson Castelo Branco Oliveira, ao saudar os participantes, disse que “é de suma importância a realização do Seminário, pois, além das palestras e instruções preparadas, será possível agregar conhecimentos de todos os participantes através de trocas de conhecimentos e experiências no assunto”. Disse ainda que “a utilização de cães de faro, tanto na detecção de entorpecentes quanto na detecção de armas, tem grande importância no combate ao crime, sendo tal ferramenta a mais eficiente que existe hoje no combate ao tráfico de drogas e ao porte/posse ilegal de armas de fogo. Sendo assim, sua utilização se torna imprescindível”.