Polícia Ambiental constata animais em situação de maus tratos em Marília

No último domingo, dia 22 de Julho, policiais militares do 2º Batalhão de Polícia Militar Ambiental, destacados no 1º Pelotão Operacional na cidade de Marília, em atendimento à denúncia pelo bairro Jd. Continental, constataram a existência de diversas “Baias”, contendo individualmente 06 (seis) galos domésticos, tipo índio, todos com as esporas naturais serradas. Um dos galos encontrava-se extremamente debilitado, com ferimentos nas barbelas e na crista e inchaço nos olhos. Diante dos fatos, foi elaborado o Auto de Infração Ambiental, no valor de R$ 18.000,00, por praticar ato de maus tratos, ferir e mutilar animais domésticos. Os galos foram apreendidos e destinados à ONG ADEPAM, onde foram depositados e submetidos à tratamento médico veterinário. O infrator responderá pelo crime ambiental, cuja pena é de detenção de três meses a um ano, e multa. A Polícia Militar Ambiental orienta que as denúncias sejam feitas através dos telefones 0800-0555-190, 181 (Disque Denúncia), EMERGÊNCIA 190, ou ainda diretamente às unidades da Polícia Militar Ambiental pelos telefones: (14) 3433.7199 – Marília; (14) 3496.5884 – Tupã; (18) 3323.5111 – Assis; (14) 3322.3077 – Ourinhos.