Sem ações efetivas Ourinhos despenca 175 posições no Ranking do Selo Verde e Azul

De Janeiro de 2017 a Dezembro de 2018, na Gestão de Lucas Pocay, Ourinhos (272º lugar) desceu 175 posições no Ranking apresentado no site do Programa Selo Verde e Azul do Governo Estadual de São Paulo, ficando muito atrás de cidades como São Pedro do Turvo (6º lugar), Ibirarema (77º lugar), Bernardino de Campos (78º Lugar) e até mesmo Chavantes (164º lugar), sem demérito dessas cidades, quem tem muito menos dinheiro que Ourinhos para investir nesta área, mas tem feito um trabalho bem melhor que nós.

Aparentemente, as ações divulgadas pela Secretaria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Ourinhos em 26/07/2017 conforme esse link http://www.ourinhos.sp.gov.br/noticia/4064/acoes-envolvendo-todas-as-secretarias-municipais-pretende-garantir-o-selo-verde-e-azul-para-ourinhos/  não passaram de propaganda dos atuais gestores, como ocorre com muita frequência e não surtiram qualquer efeito prático, afundando o crescimento sustentável do município em um mar de lama sem precedentes.

Com o atual aterro sanitário interditado e recebendo lixo todos os dias, com emissários de esgoto vazando nas margens do Rio Pardo, Falta de cumprimento no prazo de acordo com o MP sobre a implantação de usina de tratamento de esgoto e toda sorte de maus tratos contra o meio ambiente, certamente Ourinhos vai terminar 2019 muitas posições abaixo da já vergonhosa posição que ocupa. Torçamos para que não, mas nos preparemos para a queda.