Mais da metade das casas do Recanto dos Pássaros 3 continuam fechadas

Efetivamente, mais da metade das casas do Conjunto Habitacional Recanto dos Pássaros 3 continua fechada e deteriorando, enquanto as pessoas que esperaram mais de 2 anos além do prazo prometido continuam pagando aluguel ou morando em imóveis cedidos.

A equipe de reportagens do Ourinhos Urgente recebeu algumas denuncias de uma suposta burocracia exacerbada por parte da Secretaria de Bem Estar e Assistência Social de Ourinhos na hora de resolver sobre a situação de beneficiários em situação especial, que requer uma análise complementar, mais minuciosa. Segundo alguns beneficiários ouvidos, quando procuram o banco para cobrar a liberação, recebem a informação de que a análise depende dos assistentes sociais da Prefeitura Municipal de Ourinhos e que sem tal análise, o banco não pode entregar o imóvel.

Segundo uma beneficiária: “Principalmente aqueles que protestaram contra a administração durante anos e pela entrega das unidades habitacionais estão sendo castigados por tal burocracia”. Um beneficiário comentou que “Embora more em uma casa alugada, que está caindo na minha cabeça, fui impedido de tomar posse do meu imóvel por uma mudança de poucos reais na minha renda familiar”

Em uma visita muito rápida, fica fácil constatar que mais da metade das casas estão fechadas e acumulam mato e poeira. Tudo que os beneficiários esperam é realizar esse sonho antigo, que devido a falta de eficácia por parte das autoridades vem se tornando um pesadelo.