Vereador pede concurso para Auxiliar e Técnico de Enfermagem

A defasagem de funcionários da saúde nas unidades básicas de Ourinhos foi o assunto do discurso do Presidente Enfermeiro Alexandre durante a 31ª. Sessão Ordinária da última segunda-feira, 16. Com a aprovação do requerimento nº. 2.036/19 que pede informações sobre a possibilidade de se realizar concurso público para cargo de técnico em enfermagem e auxiliar de enfermagem, o Presidente da Câmara aguarda que a Prefeitura Municipal e a Secretaria Municipal de Saúde olhem com atenção para essa necessidade ocasionada pelo déficit de funcionários.

“O Coren realiza estudos em todos os municípios e dando um exemplo, para cada unidade básica de saúde deve haver pelo menos um auxiliar ou um técnico de enfermagem numa sala de vacina, sala de curativo, para fazer a pré-consulta, a pós-consulta, para auxiliar na sala de ginecologia entre outros serviços prestados. A gente vem tendo uma defasagem muito grande desses profissionais para atender os pacientes em Ourinhos e hoje não temos um número suficiente,” explicou.

Enfermeiro Alexandre ressaltou que os auxiliares e técnicos de enfermagem são os responsáveis por recepcionar todos os pacientes das unidades básicas de saúde e que muitas vezes pela falta de funcionários isso tem feito com que esses profissionais trabalhem de forma corriqueira colocando em risco as funções desenvolvidas.

“A gente sabe da importância desses profissionais da saúde, quando um auxiliar de enfermagem está atendendo uma criança numa sala de vacina ele não pode sair e ir para uma sala de curativo e vice-versa e por isso a gente pede atenção para esse requerimento. Quando se quer cuidar da área da saúde, as primeiras pessoas que é preciso pensar dentro de uma unidade básica de saúde são os auxiliares e técnicos de enfermagem que muito colaboram na qualidade do atendimento”.